terça-feira, 22 de agosto de 2017

Gosto de ti.


Gosto de ti.
Gosto do teu abraço. 
Somos muito mais que uns amassos.

Quando me envolves nos teus braços, és sentimento, és cuidado. 
O meu coração fica no ritmo do teu respirar, deixo-me ir no teu conforto.

Gosto de ti.
Gosto do teu olhar. 

Nele há palavras que escondes.
Mas eu sei que sim.

O teu olhar despe-te e as tuas emoções crescem em mim. 






terça-feira, 8 de agosto de 2017

E sim, vale MUITO e TANTO a pena!

Nem sempre o muito quer dizer tanto. Ou o tanto revela felicidade.

Muitas pessoas à volta.
Tanta solidão.

Às vezes descobre-se tarde esta ironia de palavras e sentires.
Quando já aquele pelo branco teima em sobressair do meio das tuas sobrancelhas, e tu sentes-te incapaz de lutar contra ele e virar-lhe as costas.

No fim … acredito que seja quando tem que ser...
Quando te sentes preparado.
Quando estás de peito aberto para receberes o melhor que a vida tem para te dar.
E dás importância ao que te faz bem.

E sim, vale MUITO e TANTO a pena!

Partilho hoje este pensamento porque li algures que a maioria das pessoas morre sem estar ninguém por perto.

Não é isso o que mais importa.

O mais importante é apercebermo-nos se efetivamente vivemos estando acompanhadas.

Ana Paula Ribeiro