segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Reflexão da manhã


Hoje li um texto onde é referido que um bom copo de vinho pode ser um aliado quando algo corre mal. Uma forma de escape.

Quando algo me incomoda, de alguma forma me deixa triste ou sem chão, dou por mim a por os phones para ouvir uma música que me tranquilize naquele momento.

Nem sempre tenho um copo à disposição :) 

É preciso descobrir o que nos ajuda a vir à tona. E a ti? O que te conforta?

Bom dia!

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Reflexão de hoje

"Tudo o que era ficou suspenso no silêncio de um pretérito demasiado imperfeito. "

E depois, quando pensas que já ultrapassaste, um instante apenas faz com que na tua boca venha de imediato o sabor amargo dessa imperfeição. 
Não aprendi ainda a lidar com determinadas situações ou atitudes. 
A arrogância é uma delas. Faz-me sofrer. 
Imaturidade? Talvez. 
Mas na realidade não sei se quero aprender. 
Continuo a preferir seguir o meu caminho na direcção oposta.

Bom dia!

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Reflexão do dia

As vezes a bagagem tem recordações que nos tolhem as asas. O que de menos bom vivemos (para não dizer mau) não nos deixa voar, porque o receio de cair de novo em queda livre é tremendo.

Bom dia!


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Praxe

"We are here to laugh at the odds and live our lives so well that death will tremble to take us." (Charles Bukowski)

"Andamos por cá para rir das probabilidades e viver nossas vidas tão bem que a morte vai hesitar em nos levar."

Porque a Praxe deve ser orientada SEMPRE para a essência que lhe é inerente: a integração do aluno. 

Voltei a ser Praxada como caloira infiltrada. 

Voltaria a sê-lo porque na minha Universidade, a verdadeira grandeza está na valorização da camaradagem, do apoio que se dá ao colega, na amizade e sobretudo no respeito ao colega enquanto indivíduo. Aos verdadeiros caloiros as minhas desculpas pelo sofrimento atroz que passaram por minhas caloirices ... é que sabem ... sou caloira e não penso :P





domingo, 9 de outubro de 2016

Traição não é um erro, é uma escolha

Não concordo muito com isto.
Por vezes poderá nem ser uma escolha. Não sei ...
Nunca digo desta água não beberei. Mas tenho a certeza de que se me acontecesse uma coisa dessas, falaria com a pessoa traída. Não só porque por egoísmo, pensarão alguns, precisava ter a consciência limpa, como pelo respeito que essa outra pessoa merece em saber a verdade.

E, por outro lado, só isso peço também.
Que me respeitem e me deixem decidir se dói ou não saber a verdade e o que fazer com ela



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Nunca me identifiquei tanto com um texto...

...e acrescento, sem nunca pensar vir a dizer isto: obrigada por me teres deixado...

“É claro que senti saudades tuas. Sentia saudades tuas quando acordava e troquei muitas horas de sono por uma perseguição infernal às tuas redes sociais, só para te ver e saber que estavas bem.

É claro que sentia amor enquanto chorava agarrada à almofada e procurava maneiras de te fazer voltar à minha vida. É claro que senti que ia morrer. E morri. Morri no dia em que me deixaste.
(…) Deixei-me cair, não tive forças para te seguir. (…) Deixaste-me presa num buraco do qual não conseguia sair, sabes? (…) 

É claro que a tua ausência me doía todos os dias (…).

Como conseguiste seguir a tua vida se eu não conseguia sequer seguir a minha respiração? (…) Vivi para ti e para as saudades que sentia, vivia para ti e para a dor que sentia. (…).

Vivi para ti até que percebi que não havia ninguém a viver por mim.

Decidi ser feliz, e sou. Achas que não custou o percurso até aqui? 
Acredita que morri pelo menos dez vezes no caminho. 
Mas aprendi que o melhor da morte é renascer, (…).

Não é errado morrer, foi errado morrer por ti.

A tua vida continuou e a minha também. (…)

As saudades foram muitas, sabes? Mas percebi que não sentia saudades de ti, mas sim de mim! 

Por isso mudei a minha vida e deixei a dor de parte, fui à minha procura e quando me encontrei: foi o melhor momento de sempre. 

Também mereço ser feliz, desculpa!

De todas as vidas, escolho esta: sem ti, mas comigo!”

Frases extraídas de http://www.ela-e-ele.com/tambem-mereco-feliz-desculpa/

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Saudade

Sempre pensei na saudade como algo que provoca dor
Um sentimento que corta,
que faz o peito respirar por si só
em movimentos descontrolados,
numa tentativa desgovernada de aconchegar o coração.

Até que te conheci

A saudade que aperta no momento em que te vejo partir
A saudade que me consome em cada passo que dou ao vir-me embora
Não é dor
Não me corta
Faz-me sentir viva
Alimenta-me
Engrandece-me

Sou melhor por te ter conhecido.
Contigo sou uma pessoa mais bonita.

Paula